Home > alessandrosanbr

Começamos nossa pré temporada de jogos amistosos na Flórida Cup, já com alguns nomes recém contratados para 2017, já com o novo treinador implantando sua filosofia, aparentemente com um novo esquema tático em campo, expecativa na torcida, como de se esperar alguns contratempos devido entrosamento, parte física e detalhes que são acertados no decorrer do trabaho. O Vasco de 2017 recomeça quase do zero, em virtude de resultados desgastantes do ano passado. O Vasco remonta o próprio Vasco para voltar a ser Vasco. 



Sabemos que esse processo requer um processo certo modo lento, gradativo, semana a semana, jogo a jogo, por mais que a torcida deseje ver resultados imediatamente, como apaixonados que são, terão que torcer para que no tempo certo a equipe se acerte e alcance patamares maiores de produtividade ofensiva e defensiva. Necessário se faz que o clube continue seu processo de reforçar o elenco com jogadores de nível de Vasco para cada posição, isso é inegável. Jamais o carioca pode ser parâmetro, os campeonatos a seguir são longos e requerem um elenco competente acima de tudo, de forma que quem entre mantenha o nível da equipe em todos os jogos, não dá mais pra apostar no talvez, futebol não é Jokey Clube.



Já apresentamos muitos problemas defensivos em jogadas feitas com tabelas pelo meio, em outros momentos em bolas alçadas na área. Essa parte nos preocupa e torcemos que o time se acerte quanto a posicionamento defensivo, recomposição dos demais, saídas no contra-ataque, pois nem sempre podemos contar com o Nenê ou o Martin Silva decidindo tudo em todos os jogos, existe todo um plantel que também precisa aparecer, dentro de suas caractarísticas e precisam chegar mais alguns reforços.



Ainda estamos, em relação ao nosso próprio patamar, muito aquém nos sentido de relevância financeira em termos de patrocínios. Precisamos torcer pra que haja uma renovação com a Caixa em quantia mais do que superior aos antigos moldes, sinceramente mais do que o dobro. Precisamos de patrocínios para as mangas e homoplata, porque não pensar em (Breve) um contrato mais rentável em termos de patrocínio de material esportivo, recente li sobre especulações de grandes marcas, porque não!



Não será um processo simples, jamais será, sobretudo estas são questões que todos os verdadeiros interessados no vasco ponderem e torçam juntos para tudo isso suba para o patamar do próprio clube. Começando agora, caminhando, um passo de cada vez, até subir a colina, e de colina o Vasco entende como ninguém.


Compartilhe

Mais comentadas