Home > duamaral

Amigos vascaínos. 

Estava a um tempo sem escrever nesse espaço, eis que aguardava o início do brasileiro e com esperança de notícias e dias melhores para o CRVG.

Contudo, parece que a torcida vascaína não consegue acordar de um longo e tenebroso pesadelo. E diante das novas notícias, temo que esse pesadelo possa se tornar pior, pois, pela primeira vez, vejo com clareza que o nosso clube amado pode até fechar as portas. E não venham os partidários dos Miranda com o discurso de que é notícia plantada porque não é.

Vivemos um inferno desde o rebaixamento em 2008, somados aos dois seguintes no espaço curto de 08 anos, o que fez com o que o Vasco deixasse a primeira prateleira dos times no país. Os números são ridículos nos últimos anos, quer esportivamente, quer em termos de rendimentos e receitas. Em contrapartida, vemos o nosso maior rival crescendo e se transformando em uma potência nacional ao lado de Palmeiras e Atléticoo-MG que até outro dia estavam em situação parecida a nossa. Qual a mágica? Competência deles? O suporte de um mecenas e de grandes patrocinadores? Não acompanho o dia-a-dia destes clubes, mas algo foi feito, foi mudado. E nós? Vejo os mesmos erros de antes que culminaram em rebaixamentos e subidas sofridas. Soberba, planejamento medíocre, ou falta dele, treinadores inexperientes, jogadores em fim de carreira e refugos de outros times. Não há paciência, amor e resignação do torcedor que aguente isto. Resultado de tanta bobagem se reflete nas arquibancadas. A apaixonada torcida está triste, desgostosa e sem esperança. A média de público vem caindo e no Carioca foi a pior entre os 04(quatro) grandes. O projeto sócio torcedor não decola e não irá decolar sem resultado em campo. Enfim, o ciclo vicioso está instalado o que agrava mais a nossa situação.

Tomo por base a minha pessoa. Desde criança torcedor fanático, que ouvia pelo radinho Vasco e Bangu às quartas à noite até o fim, Que adiava um compromisso para assistir aos jogos do Vasco, mesmo com o protesto de namoradas e em um passado recente de minha esposa. Que quando caimos pela primeira vez, assistia a todos os jogos da b e comprava camisas, agasalhos como que se quisesse mostrar a todos que o orgulho em ser vascaíno estava ainda mais forte. Pois é.  Até eu, torcedor fanático, perdi o encanto. Os erros seguidos da antiga e da atual diretoria me tiraram a esperança de um dia ter o grande Vasco de volta. O Vasco do expresso da vitória, primeiro campeão sulamericano. O Vasco campeão brasileiro em 1974. O Supervasco das décadas de 80 e 90, campeão de praticamente tudo que disputou. O Vasco terror da urubuzada. O meu, o seu, o nosso Vasco. Isso que está aí é um arremedo do nosso Vasco. É como se o nosso Vasco tivesse sido sequestrado e no lugar tivessem colocado um clone paraguaio( com todo respeito aos paraguaios).

Enfim, tá difícil seguir em frente. Começamos o brasileiro levando de 04, e o que é pior , sem mostrar evolução depois de 03 semanas de treinamentos. Entramos em campo mais uma vez sem poder substituir um dos zaqueiros, por que não tinhamos outro no elenco. Treinamos um esquema 3-6-1 e entramos em campo no antigo esquema no Estadual. Vimos um Luis Fabiano, ainda fora de forma, Wagenr, Escudero, Muriqui, Manga, sem jogar e o Nenê improdutivo e uma sombra do cara que o Vasco contratou em 2015. E após a goleada o que faz a diretoria amadora? Corre para trazer dois zaqueiros encostados em seus times. Realmente fica difícil acreditar que o fim do ano não será igual ao de 2008, 2013 e 2015. Só acho que a quarta queda irá decretar o fim do CRVG, pelo menos como clube de elite. Quem sabe não iremos nos juntar a nossa co-irmã Portuguesa-SP na quarta divisão.

Mais uma vez ressalto que não sou de nenhum grupo político do Vasco. Acho inclusive que está briga política ajudou a fragmentar o clube e é um dos motivos para o nosso declínio, mas peço e imploro que os verdadeiros vascaínos se unam para ao fim do ano votarem consciente na chapa que reunir as melhores pessoas para dirigir o Vasco. Só uma reviravolta como o Bandeira fez no Flamengo ou um mecenas como o Nobre e o Ricardo Guimarães no Palmeiras e Galo respectivamente para salvar o Vasco e colocá-lo de novo no patamar devido. Com estrutura, profissionalismo e gente que a torcida possa acreditar, tenho certeza que a mesma vai chegar junto do clube e assim como na construção de SJ ajudar a reeguer o Gigante.

A diretoria atual fica a dica do jornalista André Schmitd que escreve o BLOG DO GARONE: " O brasileirão da séria A não perdoa". Se o Vasco continuar errando em profusão o resultado final todos nós conhecemos( 3 vezes). Deixem a soberba de lado. O trabalho tem que ser feito de forma humilde e consciente. Primeiro vamos focar em não cair de novo. Depois se der tentamos algo a mais no campeonato.

Torço muito por essa molecada boa que está surgindo. Tomará que eles ajudem o Vasco e não se percam no possível fracasso do time.

Só nos resta aguardar. 

Saudações Vascaínas.


Compartilhe

Mais comentadas