Home > magalrj

CAROS VASCAÍNOS:

Na realidade o esquema atual do Vasco é o 1-4-6, ou seja:  goleiro, zaga e meio campo.

Nos últimos 5 jogos (ganhamos 2 partidas por 1x0, empatamos duas e perdemos outra), sem atacantes e quando íamos ao ataque ficávamos rodando e trocando passes, pois não temos atacantes.

Da defesa para frente só temos armandinhos, sem tesão e sem vontade de ganhar.

Eu começo a pensar que o elenco está entrando no jogo eleitoral e deve estar igual aos aeroviários:  fazendo operação padrão.

Ou seja:  fazendo o trivial, jogando para o empate a pedido de algum candidato que tenha conseguido mobilizá-los,  pois se o time ficar alheio ao processo eleitoral e começar a jogar como time grande, puxa votos para a situação atual. Desta forma na minha opinião é conveniente para o elenco jogar de forma neutra, pois empatando e empurrando com a barriga, colocam-se neutros na disputa política.

Confesso que essa é uma das explicações para o time não jogar nada e ficarem enrolando para ganhar adversários muito mais fracos, porém com jogadores com vergonha na cara.

A outra explicação seria a possível falta de grana e atraso nos pagamentos.

Mas convenhamos:  um time que tenha Jean, Welington, Pikanchu e o tal Rios jogando juntos, não possui a mínima chance de vencer ninguém.

Começo a achar que o Zé Ricardo ao abrir mão dos meninos da base, começou a entrar no mesmo esquema dos que o antecederam.

Já nos ameaça em retornar com o Vagner no próximo jogo e porque não com o Guilherme Costa, com o Evander, Andrey e o Paulo Vitor?

Estamos muito mais próximos de cair para os 4 últimos lugares do que subir para os 7 primeiros a julgar pelo que o time tem rendido.

Não demora seremos ultrapassados pelo São Paulo, Vitória da Bahia o que já pode acontecer na próxima rodada.

Confesso que estou bem pessimista com a falta de vergonha na cara de nossos jogadores e com a omissão da diretoria que é comandada por um velho caquético, doente, cansado e que não quer largar o osso apesar de não possuir mais condições de administrar nem uma birosca na favela do Vasco.


Compartilhe

Mais comentadas