Home > willeglau

Patética a convocação de entrevista coletiva do presidente Eurico Miranda para ontem. De qualquer forma, não é de surpreender: Todas as vezes em que há um questionamento da torcida sobre os rumos do clube, o Homem do Charuto aparece para mudar o foco. Ou alguém já viu  algum executivo de uma empresa séria convocar entrevista coletiva para falar de dívidas, contas pagas e situação financeira? Não, porque toda empresa séria divulga isso em seu Balanço Patrimonial, documento que, por lei, serve exatamente para isso. Naturalmente, ele como presidente do Vasco está em seu direito de convocar uma entrevista e falar o que quiser, mas era isso que o torcedor estava esperando?

Não há como negar que o Vasco, com Eurico Miranda, é um clube poliesportivo. Especialmente no basquete, o Vasco voltou a figurar entre as principais equipes do país, ainda que esteja bem irregular no NBB 9. Fora isso, a estrutura do Vasco melhorou com o CAPRRES e com o campo anexo, e outras reformas estão sendo feitas em São Januário. O grande problema é que um clube necessita de recursos para manter outros esportes, e todos nós sabemos que basquete, natação e remo não sustenta um time de futebol. Na verdade, normalmente é o contrário: os recursos do futebol acabam sendo empregados nesses esportes e, na maior parte das vezes, sem nenhum retorno financeiro. Nem mesmo o subsídio do governo com a Lei de Incentivo ao Esporte é capaz de compensar o rombo nos já combalidos cofres vascaínos, principalmente no que diz respeito ao futebol. É o Vasco fazendo um pouco de tudo e muito de nada. E enquanto isso, nada de contratações e o time, por enquanto, é o mesmo de 2016.

Todos nós sabemos que se não contratar, o Vasco desce de novo em 2017. Mas quem vier precisa ser especialista da posição, e para ser titular! Hoje o que se vê no time é um bando de jogador "polivalente", que faz um pouco de tudo. E muito de nada. Senão, vejamos: Pikachu é lateral que joga de meia, de ponta e até de volante; Jorge Henrique é atacante que marca o lateral, joga de volante e já jogou até de zagueiro...; Andrezinho é meia que joga de volante; Madson é na verdade um ponta-direita que insistem em escalar como lateral; No Vasco, os dois únicos jogadores que têm identidade são Martín Silva e Marcelo Mattos. Quando começa o jogo, já sabemos onde eles vão jogar. O resto, vai saber... Alguns nomes especulados não me agradam, mas se encaixariam muito bem no quesito especialistas:

Thiago Neves - Seria o 10.

Luís Fabiano - Seria o 9, centro-avante. Sabe fazer gols, coisa que o time do Vasco pelo visto não aprendeu a fazer.

Dátolo - Segundo-volante clássico, com bom passe e sabe chegar na frente. Seria titular nesse time tranquilamente.

Infelizmente, dada a inércia da atual diretoria, não acredito que esses jogadores virão. Podemos nos preparar para um "catadinho" dos pequenos cariocas. Deve vir um do Boavista, outro do Olaria, outro do Tigres e alguém do Madureira. Um pouquinho de tudo. E muito de nada...


Compartilhe

Mais comentadas