Home > wilsoncarlosfua

ECON. WILSON CARLOS FUAH ECON. WILSON CARLOS FUAH
Foto: ARQUIVO PESSOAL

                    NENÊ DEVE FICAR 

             Ninguém sabe o que está passando no relacionamento do Treinador Milton Mendes e o jogador Nenê, que nos últimos dois anos carregou o Vasco “nas costas”, participou da 2ª divisão, era o jogador mais perseguido em campo, fez gols de todo tipo, escanteio, voleio, de primeira, de faltas, sem falar da liderança em campo, chamando a responsabilidade para si, foi um líder, e trouxe o Vasco de volta a Série A, e agora sem o reconhecimento do Treinador, que com humildade sujeitou a ficar afastado, e mesmo a contrata gosto ficou no banco, e por fim foi escalado na ponta esquerda e até centro avante, aceitou tudo, mas chega um momento que não dá para suportar, e pediu para sair.

           O Nenê, foi fundamental  nesses dois últimos anos, ele jogou muito, ele não merece esse tratamento estranho e hostil que estão dirigindo a ele, foi um jogador que deu tudo ao Vasco, chegava ao fim dos jogos totalmente esgotado, foi fundamental nesse últimos anos do Vasco.

           Por tudo que Nenê, fez pelo Vasco, deve ser reconhecido, e cabe a Diretoria promover a aproximação com Treinador Milton Mendes, pois o Nenê tem muito ainda que dar ao Vasco, e não merece ser banco de reserva de:  Escudeiro, Wagner, Picachu, Éder Luiz.

          Cabe ao Treinador, reconhecer tudo que ele fez pelo Vasco, e entender que ele é um jogador diferenciado, mesmo com uma só perna, joga mais que muitos jogadores que estão no plantel, e  pode dar muito ainda para o Vasco, fazendo um gol de falta, batendo um escanteio, e tirando a responsabilidade das costas da molecada, podendo ser um orientador dentro de campo, ensinando os  jovens: Matheus Vidal, Paulinho, Paulo Vitor, Guilherme Costa.

         Para nós torcedores que assistimos aos jogos do Vasco, nesses dois últimos anos, sabemos da importância que esse jogador representou para o retorno do Vasco, e devemos reconhecer tudo que ele fez para o Vasco nunca fugiu da responsabilidade, e na história do Vasco, com certeza ele está abaixo somente de Roberto, Romário, Edmundo, mas está no mesmo nível de importância de Pedrinho, Juninho, Felipe.  

        Nenê, um mágico da bola, um jogador refinado, exímio cobrador de falta e escanteio, decidiu muito jogos para o Vasco fazendo gols e com assistências, colocou muito “pernas de pau” na cara do gol, e agora pode acionar a molecada e ajudá-los com orientações da sua experiência, e tirando a responsabilidade deles, não podemos descartá-lo, a não ser que a mágoa entre ele e o treinador seja muito grande, e ele queira mesmo deixar o Vasco.

        O Campeonato é muito longo, e Nenê apesar da idade, corre muito e têm poucas contusões, o custo/ benefício do Nenê durante o tempo que está no Vasco é muito alto para o Clube, só deve sair se ele quiser, ou se na opinião do treinador, ele já não serve mais para o Vasco, que ao meu entender será um absurdo e uma falta de reconhecimento e respeito, por tudo que ele fez pelo Vasco, ele ainda pode ajudar muito, eu sou contra a saída do Nenê, foi nosso último grande jogador e carregou o Vasco nas costas, o respeito é bom e ele merece, por isso, deve ficar pelo menos até o fim do seu contrato.    

Economista Wilson Carlos Fuáh – É Especialista em   Recursos Humanos e Relações Sociais e Políticas, e, sou apaixonado pelo VASCO.

 Fale com o Autor: [email protected]   

 


Compartilhe

Mais comentadas