9 comentário(s) - Versão BETA! Supervascaínos
  • Elvio Carvalho

    Pode voltar Dedé, se nem o Ibis te fez proposta, o departamento médico do Vasco te recebe de macas abertas. O Breno e o Ramon podem te dar dicas de chinelos de férias.

  • Ronald R. H.

    Pode até trazer o Dedé, mas desde que o contrato seja vantajoso para o clube. Um atleta que tem um problema crônico no joelho pode jogar uma partida, como também ficar dez partidas sem atuar. Tem que ser um contrato bem elaborado, sem chance de errar. Outra coisa que pode fazer, é trazer um outro zagueiro com saúde plena e atuando bem, mais o Dedé para jogar uma quantidade estipulada de partidas, se ele conseguir cumprir a meta no período jogando bem, prorroga-se por mais um tempo determinado. Quem sabe pode dar certo.

  • Ezequiel Ferreira

    Estou tão desesperado que até o velho Mauro Galvão e odvan serve

  • Marco

    *** não vai contratar ninguem,ate agora nada

  • marcossouza

    🙄 ô carência duca!!!

  • Fabio

    Joga mais q todos zagueiro q o Vasco tem

  • Navegadorbacalhau

    Chega de saudosismo !
    O Vasco precisa de jogadores com " saúde" ,para jogar nas 18 rodadas que faltam .
    Não aprenderam nada com o Breno, Marcello Mattos,Ramon, Michel, Rômulo, Marquinhos Gabriel ?
    O caso do Nenê é diferente ,o cara vem jogando e joga mais que o Marquinhos Gabriel e sarrafiorre juntos .

  • CRAKE2017

    Prefiro Dedé do que Castan, Ricardo Graça, e Miranda. Dédé sozinho joga mais que eles juntos.

  • fmsilveira

    Realmente o vascaíno deve gostar de sofrer. O problema do Dedé é crônico igual a do Michel. Nos não podemos correr o risco. Ele foi ídolo mas, infelizmente não podemos mais errar.

    Fred Sousa

    Isso aí, independe de contrato de produtividade, o que adianta trazer um cara que não vai jogar só porque não vai paga-lo. Burrice.


    • 3
Comente também - Versão BETA! Supervascaínos

ANTES DE ESCREVER SEU COMENTÁRIO, LEMBRE-SE: não publicamos comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Confira nossas regras de uso!

Enfrentando dificuldades para comentar? Clique aqui e entre em contato.