Home > SauloDK

Passeando pelas especulações e supostas movimentações de mercado do Vasco, podemos notar que as contratações seguem a tônica dos anos passados.

É certo que Eurico teve algum resquício de bom senso em não revelar seus planos, pois as brigas por contratações nos bastidores e as promessas não cumpridas no exercício de 2015-16 foram golpes bem fortes nos combalidos - e já frustrados - corações vascaínos. Mas acontece que Eurico continua fazendo promessas. Promessas que parece incapaz de cumprir. Isso se dá desde quando Eurico assumiu novamente a presidência do clube, no exercício de 2015.

O caso Ronaldinho Gaúcho, por exemplo, e a interpretação do que aqueles "90%" queriam dizer para, no desfecho, o fluminense levar, foi duro. Como também não foi fácil o caso Léo Moura, por se tratar de um jogador que a maior parte da torcida despreza. A negociação foi dada por certa à epoca, e culminou com o Léo Moura e seu empresário fazendo troça do clube Vasco da Gama. O eterno questionamento do bordão "O respeito voltou", os ânimos exaltados... um caminho que culminou com um novo rebaixameto - apesar de outra promessa, a do não rebaixamento, do contrário ele iria para a Sibéria. Foi rebaixado, e o Eurico não foi para a Sibéria.

Apesar da dor do terceiro rebaixamento, o Vasco começava o ano muito bem. Venceu o campeonato, não deu chances para o arqui-rival, e seguia uma grande sequência invicta, com um time relativamente bem entrosado. Os mais otimistas falavam em terminar o ano com o título da série B e a Copa do Brasil. Pois é, desandou tanto que não levou nenhum dos dois.

A necessidade de contratar melhor era evidente. E foi negligenciada.

E continua sendo. Como a tecente promessa do tal presente de Natal, supostamente um jogador que já passou pelo Vasco, e era unanimidade na torcida. Fora as demais contratações que seriam, todas, de jogadores que já passaram pelas seleções de seus países.

Chega o natal, e nenhum ex-jogador do Vasco identificado com a torcida foi contratado. Apenas um meio-campo argentino, já conhecido no Brasil, mas que não é nenhuma unanimidade - e passou apenas pela seleção de base da Argentina. Escudero já foi anunciado, mas ainda não foi apresentado.

Fato curioso é que o elenco já se reapresentou, já estamos começando o quarto dia do ano... e por aqui, nada ainda. A não ser a contratação de um técnico, um gerente, um meia questionável e a dispensa de alguns jogadores que não tinham dado certo no ano passado.

 

Nomes (alguns absolutamente fora da nossa realidade) são ventilados por jornalistas não muito confiáveis. Enquanto os outros clubes se movimentam para contratar, brigam por jogadores, já fizeram algumas boas contratações e se reforçam para 2017, o Vasco apresentou apenas um jogador. Eurico mantém sigilo, o que até certo ponto é sábio, mas há rumores de que já existem negociações concretizadas, e NINGUÉM de dentro do Vasco se manifestou ainda. A torcida está inquieta, cansada, descrente... e o Vasco publica notas anunciando parceria com a CBC, ou explicando o atraso na reapresentação do goleiro uruguaio, mas até agora, nada ainda sobre as contratações, que é o assunto que mais interessa. Isso faltando pouco mais de uma semana pro nosso primeiro jogo na temporada.

A Casaca, braço direito do Eurico, já divulgou uma nota expressando seu descontentamento com as especulações irreais que os jornalistas têm feito, mas isso não serve de alento para nós, os torcedores. Precisamos de alguma segurança. A Torcida não vai aguentar mais um ano de descaso com o futebol, mais um ano lutando até a última rodada para permanecer na Elite. Nossas brigas para não cair em 2015 e para subir em 2016 perduraram até a última rodada. O torcedor não aguenta mais chacota, humilhação, sofrimento, luta...

Eurico, faço um apelo, encarecidamente: anuncie logo uma contratação! E, por favor... Uma boa contratação! Uma contratação que nos garanta alguma segurança, sem sustos. Não faça desse ano um ano novo de velhas novidades. Não deixe a torcida do nosso tão amado Vasco da Gama no escuro. A "imensa torcida bem feliz" não se aguenta mais de tristeza, vergonha e ansiedade.



O Vasco precisa voltar a ser respeitado e temido onde já tanto foi outrora: dentro de campo. Queremos nosso Vasco, GIGANTE, de volta!



Saudações vascaínas /+/, e sejam bem vindos ao primeiro de muitos textos do seu mais novo amigo-blogueiro vascaíno. Sucesso pra nós, e um feliz 2017!

 


Compartilhe