Home > willeglau

Muito legal, após anos de mediocridade, o Campeonato Carioca ter voltado a ocupar as manchetes dos principais jornais. Finalmente, o torneio foi valorizado como se deve, e agora sim a administração do futebol carioca resolveu de uma vez por todas os problemas da falta de interesse do torcedor. Certo? Só que não...

Todo esse estardalhaço da mídia aconteceu e, não por coincidência, o "mais querido" estava na disputa pelo título.

Durante toda a semana, fomos bombardeados com notícias como "22 sem Fla-Flu na final" ou com flashes do gol de barriga do Renato Gaúcho. Os principais jornais e portais esportivos do RJ destacaram a semana de preparação para a final do Carioca com cobertura diária, mas quase não se falou do jogo Botafogo x Barcelona de Guayaquil que disputavam uma tal de Copa Libertadores...

Finalmente, depois de 180 minutos, o título do agora "cobiçado" Campeonato Carioca ficou com o Flamengo. Como era de se esperar, a mídia fez a festa e vibrou como se fosse um título mundial. E, mais uma vez, ficamos com a sensação de que teria sido bem diferente se o campeão fosse o Vasco, o Botafogo ou o próprio Fluminense ontem.

Claro que a mídia deu certo destaque às conquistas de 2015 e 2016 do Vasco, sejamos justos. Mas vejam abaixo se os títulos das matérias abaixo não são, no mínimo, tendenciosas:

Vasco 2015/2016

- Vasco quebra tabu e se torna primeiro campeão carioca fora da Série A (Uol Esportes, referente ao título em 2016);

- Vasco segura o Botafogo, faz a festa no Maracanã e é campeão carioca invicto (O Dia, referente ao título em 2016)

- Com gol no último minuto, Vasco vence Botafogo, sai da fila e é campeão carioca (ESPN, referente ao título em 2015)

Flamengo 2017

- Rico, Guerrero e campeão! Fla vira sobre o Flu, vence o Carioca e abre maior vantagem da história (ESPN, referente ao título de 2017)

- Flamengo bate o Flu de virada e fatura o título invicto do Carioca (Lance!, referente ao título de 2017)

- Flamengo mantém tabu de 26 anos contra Vasco e conquista 33º título carioca (Uol Esportes, sobre o título de 2014)

Nas chamadas das matérias do Vasco, sempre foi citado um aspecto negativo que eu destaquei em negrito. Fora da série A, tabu, segura o Botafogo (como se tivesse jogado encolhido), gol no último minuto, sai da fila....

Nas chamadas de matérias em títulos do Flamengo, enorme euforia: Nem mesmo se citaram o gol absurdo em impedimento do Márcio Araújo em 2014. Vergonhoso!

Além disso, vale lembrar:

- Até ontem, o Vasco era o maior campeão carioca invicto, mas isso só foi mencionado quando o Flamengo igualou a façanha;

- O Flamengo foi o primeiro campeão carioca sem ser campeão da Taça Guanabara ou da Taça Rio. Algum jornalista se manifestou?

- Quando o Índio marcou aquele pênalti inexistente no jogo da Taça Rio a favor do Vasco, em um jogo que pouco valia, martelada nele! Foi afastado por tempo indeterminado...Mas ontem, o árbitro que vibrou com o gol do Flamengo e não teve coragem de marcar falta em cima do Henrique foi eleito o melhor árbitro do campeonato. É o máximo, não?

Com a maior torcida do Brasil, é de se imaginar que a maioria dos jornalistas seja torcedor do Flamengo. Mas saber separar os fatos das emoções deveria ser o mínimo que um dito profissional deveria fazer. Mas viva o país da camaradagem, da parcialidade e das maracutaias. Pobre Rodrigo Caio que foi massacrado pela mídia. Viva a mídia que promove o falido futebol do nosso país. E pobre Vasco, que ao que parece estar fadado ao segundo plano no futebol.


Compartilhe

Mais comentadas