Home > albertomeunomedeusuario

Alberto de Araujo Alberto de Araujo

Casados x solteiros

01 de Dezembro de 2020

Patético.Ontem, o Vasco da Gama me fez lembrar jogos de confraternização entre casados x solteiros. O Vasco, lógico, era o time de casados, com alguns atletas já apresentando certa saliências nas  barrigas. O Ceará não teve mérito como vencedor. O Vasco foi self service. Os gols foram entregues de bandeja pelo setor defensivo do Vasco, Prestou solidaridade ao Ceará. Qualque adversário sairia vencedor. A diferença poderia ser a margem da goleada. O descaso dos atletas da partida é preocupante. Não foi uma orquestra desafinada, seria lisonja  de minha parte. O que  me pareceu, foi um bloco de carnaval com os músicos desentrosados, inspirados pelas cervejas, aproveitando a folia. O Clube hoje, é um filho adolescente, produto de uma família desasjustada.Sem rumo.O futuro não é promissor. O risco de transviar-se é o mais provável. O Vasco é uma casa da mãe Joana.Na casa onde falta pão, todos gritam ninguém tem razão.Eleição no Vasco poderia ser enredo de escola de samba.Ou, um grande repertório para programas de humor.Talvez, quem sabe, circo.São tantos os palhaços que se digladiam para ver quem será o protagonista da arena. Há os acróbatas, os animais selvagens, engolidores de fogo, malabaristas, etc. Quem me dera que fosse um Cirque de Soleil. Não passa de um circo do bairro de São Januário. Porquê os diletos vascaínos desejam tanto ser presidente do Clube? Por amor ao Vasco? Não me parece, não sou tão ingênuo. Com a minha idade, seria um fracasso de experiência.O que move então esses digníssimos candidatos? A vaidade é a mais provável. Não sinto que há interesses econômicos. Talvez um interesse no tráfico de influência, pela posição que ocupa. Deixa isso para lá. São tantas as mazelas há décadas, que me faz refletir como o clube ainda está de pé. A resposta dessa indagação me veio. O Vasco ainda vive, pela esperança de sua maciça e apaixonada torcida. A paixão dessa torcida é a luz que aquece o Vasco da Gama. O Vasco precisa de outro esqueleto.O organismo está em estado de putrefação, com os Conselhos moribundos.A faxina por si só, não resolve.Se pelo menos, houvesse vargonha na cara daqueles que são responsáveis pelo clube,poder-se-ia ter esperança. O Vasco carrega uma cruz.Talvez a cruz de malta seja mais forte. Sou cruzmaltino. Deixei de ser vascaíno.

Compartilhe

Mais comentadas